Alunos do Iema Pindaré-Mirim colocam no ar a rádio ‘Iema nas onda da tecnologia’

10 de março de 2018

Com o avanço das novas tecnologias, o rádio cada vez mais tem sido esquecido. Com o intuito de reverter essa razão, três alunos do Instituto de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (Iema), da unidade plena de Pindaré-Mirim, juntamente com a professora Jacione Batalha, colocaram no ar a ‘Rádio Iema nas ondas da tecnologia’. O projeto tem como objetivo desenvolver o protagonismo juvenil aplicando as tecnologias, especialmente a rádio como veículo de comunicação.
“A rádio escola é uma iniciativa que desenvolve a dimensão da comunicação social, no âmbito do Iema, envolve e engaja os estudantes. Na unidade de Pindaré-Mirim, em especial, já tínhamos um projeto na área de mídias sociais e agora eles incorporam também a rádio escola”, enfatizou o reitor do Iema, Jhonathan Almada.

De acordo com a professora de filosofia e projeto de vida Jacione Batalha, a importância do projeto é desenvolver estudantes antenados com as tecnologias, utilizando os mecanismos com o propósito de fazer uso das redes sociais em prol de cunho educativo, como produções textuais, mapas conceituais de acordo com a temática em estudo como facebook, blog e etc. A proposta da rádio é divulgar os informes e acontecimentos da unidade e da sociedade na hora do lanche e almoço. “O horário do intervalo será com fundo musical selecionado e durante o horário do almoço serão colocadas músicas educativas. Teremos ainda declamação de poesias, leitura de textos diversos e entrevistas”, explicou.

A professora disse ainda que todas as atividades relacionadas à rádio podem ser ampliadas de acordo com novas ideias da equipe. “Todas as atividades são realizadas democraticamente. A agenda é montada e apresentada aos gestores e professores”, finalizou.

A Gestora pedagógica Ellen Kelly de Sousa disse que ano passado a unidade teve um clube que falava sobre a comunicação e as tecnologias chamado ‘Iema no ar’ e o desejo sempre foi envolver mais jovens no projeto. “Os alunos passarão por uma formação para que tenham consciência crítica e emancipadora para colocar no ar aquilo que o jovem quer ouvir. A voz do jovem nesta rádio terá contribuições edificantes para a vida acadêmica e pessoal dos estudantes. Eles farão visitas técnicas a rádios locais e conversa com profissionais da área para aguçar a criticidade e fazer uma rádio de fato jovem e emancipadora”, falou.

Os alunos que compõem a rádio ‘Iema nas Ondas da Tecnologia’, afirmam que está sendo uma excelente experiência participar de um projeto tão importante. O aluno Marcos Vinícius Rocha, do terceiro ano do curso de serviços jurídicos, contou que a rádio é uma ferramenta para melhorar e dinamizar a comunicação. “Ela tem nos ajudado principalmente a desenvolver nossa consciência e criticidade. Tem sido muito produtivo, uma forma de aprendizado diferente e atrativa”, concluiu.

Para Maiza Aaniele Serra, 18 anos de idade, o interessante é que a rádio não atrapalha as aulas, ao contrário, ajuda na rotina diária da escola, pois serve para dar os avisos e discutir temas. “Temos músicas também e nos reunimos na hora do estudo. Participar da rádio vai me ajudar na organização e responsabilidade que, futuramente, terei na vida”, finalizou.

A estudante Maria Natália Aguiar contou que nunca tinha tido uma experiência com rádio e está adorando. “É uma oportunidade única, através da rádio as pessoas participam com poesias e pedindo música. É interessante a participação dos alunos recebemos as ideias. A partir daí fazemos o planejamento. É muito importante o projeto porque a rádio está ficando ultrapassado, as pessoas não têm mais a cultura de ouvir a rádio, e isso está sendo resgatado”, finalizou.