Atendimentos do Dia Mundial da Saúde alcançam milhares de pessoas

11 de abril de 2019

003Com objetivo de conscientizar as pessoas sobre a importância da preservação da saúde para uma melhor qualidade de vida, as unidades plenas do Instituto Estadual de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (Iema) realizaram durante a última sexta-feira (5), uma vasta programação em alusão ao Dia Mundial da Saúde. A ação foi coordenada pela Rede de Educação em Saúde Maria Aragão, que utiliza a data para chamar atenção dos estudantes, professores, gestores e toda a comunidade escolar para o cuidado com a saúde contabilizando mais de 9 mil atendimentos realizados nas treze unidades plenas.

Na oportunidade foram oferecidos consultas, aula de zumba e alongamentos, jogos, aferição de pressão arterial e medição de glicemia, atendimento odontológico, coleta de material para exame citopatológico, cálculo do índice de massa corpórea, testes rápidos (HIV, Hepatite B e C e Sífilis), orientações de saúde bucal, aplicação de flúor, distribuição de escova, distribuição de preservativos, atendimento nutricional, vacinação, totalizando 17 atendimentos que beneficiaram mais de 7 mil pessoas. A programação também contou com cerca de 25 ações educativas entre palestras, rodas de conversas recebendo nessa categoria mais de 3 mil ouvintes.

“Essa ação tem um grande impacto social. O Iema representa um modelo de escola promotora de saúde que a cada dia realiza ações no intuito de fortalecer esta prática. Essa é a importância de trazer ações educativas, preventivas de saúde para que a comunidade possa se cuidar e aprenda a exigir seus direitos referentes à saúde. A Rede Maria Aragão vem mostrar para a comunidade a relevância de cuidar da saúde”, afirmou a coordenadora da Rede de Educação em Saúde Maria Aragão, Elaine Halley.

“É uma iniciativa inovadora que tem gerado bons resultados e grande impacto social. Sabe-se que muito ainda se tem por fazer no que tange às ações educativas que superem as atividades assistenciais, permitindo assim que toda a comunidade escolar adote este mesmo comportamento e estilo de vida saudável”, ressaltou o reitor do Iema, Jhonatan Almada.