Audiência pública em Colinas atrai interesse de estudantes para ingressar no IEMA

18 de outubro de 2021
Estudantes de Colinas querem ingressar no IEMA

Estudantes de Colinas querem ingressar no IEMA

Depois do sucesso da Audiência Pública para a Escolha de Cursos Técnicos em Balsas, foi a vez de alunos do 9º ano do Ensino Fundamental da rede municipal de Colinas assistirem à apresentação da equipe da reitoria e da diretoria de Ensino e Pesquisa (Diren), a respeito do modelo pedagógico e sobre os cursos que formam a grade curricular do Instituto Estadual de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IEMA).

Eles desejam ingressar no próximo ano na Unidade Plena Professora Maria das Graças Saraiva Barroso COLINAS, para cursar o Ensino Médio integral profissionalizante. O evento ocorreu no último sábado, 16, no auditório da Universidade Estadual do Maranhão (UEMA), que ficou pequeno para tanta gente que queria saber como ingressar nessa escola tão divulgada no estado e que é muito querida pelo governador Flávio Dino.

Para o reitor do IEMA, Alex Oliveira, “a participação dos estudantes nas audiências legitima o desejo da juventude de buscar novas oportunidades de formação e crescimento profissional e pessoal. A presença do IEMA nos municípios maranhenses aponta para um horizonte de perspectivas de desenvolvimento econômico e social”.

Cada estudante pôde responder um formulário e escolher entre dois eixos de sua predileção. Os cursos estão inseridos nos eixos Informação e Comunicação (Desenvolvimento de Sistemas, Redes de Computadores e Computação Gráfica); Ambiente e Saúde (Análises Clínicas, Enfermagem e Farmácia); Recursos Naturais (Agronegócio, Agropecuária e Agroecologia); e Gestão e Negócios (Administração, Logística e Comércio).

O evento contou com a participação de representantes do governo municipal como a prefeita Valmira Miranda Barroso, a secretária municipal de Educação, Socorro Borba, os vereadores Watterly Muniz e Régia Barroso, além do secretário de Estado das Cidades, Márcio Jerry. O IEMA estava representado pela diretora de Ensino e Pesquisa, Monica Piccolo, a coordenadora do Modelo Pedagógico do IEMA, Nácia Noleto e o reitor Alex Oliveira.

Autoridades dos municípios estiveram presentes na audiência

Autoridades dos municípios estiveram presentes na audiência

O IEMA de Colinas recebeu o nome da mãe do secretário de Estado Márcio Jerry, que agradeceu a homenagem em seu discurso. “Eu tive de sair de Colinas para buscar formação em São Luís. Vocês não vão precisar se deslocar e ficar longe do apoio de suas famílias, porque o IEMA vai oferecer o conhecimento necessário”, contou.

A Júlia Lorrane, 15 anos, estuda no Colégio Cemic. “Eu achei muito gratificante essa audiência, pois pudemos escolher cursos que farão parte da nossa nova unidade e é interessante conhecer e fazer parte desse processo. Essa escola é um sonho para todos nós jovens de Colinas”, afirmou.

A principal preocupação entre os estudantes é a forma de seleção para o ingresso no IEMA. Alguns deles já estão se preparando para uma prova, caso fosse necessário. A diretora de Ensino e Pesquisa, Monica Piccolo, fez questão de dizer que “no IEMA não fazemos prova para o ingresso. Não tem melhor nem pior aluno, mas sim, há alunos, e por isso, nossa seleção se faz pela proximidade que o candidato se encontra em relação à unidade. Nossa prática é pela inclusão e não o contrário”. Olhos abertos, ouvidos atentos, a plateia retribuiu a esta fala com fortes aplausos.

O estudante João Vitor de Assunção Pereira tem 14 anos e está matriculado na Unidade Integrada Haidê Chaves. “Me sinto muito feliz por participar da audiência, pois pudemos escolher os cursos técnicos que farão parte da grade curricular da nossa unidade. Agradeço pela oportunidade que o governo do estado está dando em estudar o ensino médio e técnico e logo ingressar no mercado de trabalho”, disse.

Suzana Viana, 14 anos, aluna do Centro de Ensino Integral Municipal de Colinas, escolheu uma cadeira das primeiras filas para sentar-se e não perdeu nenhum momento da audiência. “Todos nós que participamos desta audiência pudemos saber como o IEMA funciona, como vai ser o processo para ingressar na Unidade. É muito positivo para nossa cidade uma escola com essa estrutura, um instituto profissionalizante”, comemorou.

As próximas audiências serão em Chapadinha e Coelho Neto, dia 21, e em Tutóia, no dia 22. Dia 27, a equipe se reúne no IEMA Tamancão, em São Luís. Os municípios de Santa Helena e Carutapera serão contemplados em novembro, nos dias 11 e 12.