Audiências públicas decidem cursos técnicos integrados do Iema

4 de outubro de 2017

FOTO_AUDIÊNCIA PÚBLICA_6688 (1)Representantes do Instituto de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (Iema) se reuniram na última segunda-feira (2) com professores, gestores, secretários, estudantes e moradores do município de Matões para a realização de uma audiência pública. O objetivo foi definir cursos técnicos integrados ao ensino médio oferecidos pelo Instituto. O evento também acontecerá em Brejo, Cururupu, Santa Inês e São Luís – Itaqui-Bacanga, locais onde serão inauguradas as novas unidades plenas.

Levando em consideração o princípio da democracia e participação popular, os participantes da audiência em Matões puderem expor seus desejos em relação a alguns cursos que poderão ser ofertados. Além disso, os representantes do Iema verificaram as demandas e dialogaram sobre a oferta de cursos de acordo com as potencialidades e os arranjos produtivos do município, tomando por base o catálogo nacional de cursos técnicos do MEC.

Na oportunidade, o pró-reitor de Pesquisa, Inovação e Extensão do Iema, Dario Soares, aproveitou para explicar como acontece o processo da audiência. “Esse é o terceiro ano de audiências públicas para definirmos quais cursos técnicos serão oferecidos. Para isto acontecer, primeiro fazemos um trabalho de pesquisa preliminar buscando informações on-line sobre as potencialidades da região por meio de sites como IBGE e Seduc, logo em seguida aplicamos questionários e conversamos com alunos, professores, secretários, diretores, gestores e comunidade em geral para apresentar esse leque de informações e sugestão de implantação do Iema na cidade e depois apresentamos o trabalho racional para definir os quatro cursos que se encaixam melhor para região”, explicou.

O reitor do Iema, Jhonatan Almada, que estará presente na audiência de São Luís na área Itaqui-Bacanga, pontua a importância das audiências públicas. “As audiências públicas estão sendo bem-sucedidas ao reunir comunidade, lideranças, estudantes, professores, gestores na definição dos cursos técnicos do Iema que serão oferecidos. Elas são um momento de participação cidadã na definição dos cursos que serão oferecidos pelo Iema nestes municípios. Isso é uma característica do Governo Flávio Dino de valorizar a população”, afirmou.

Representando o reitor na audiência de Matões, o pró-reitor de Planejamento e Gestão do Iema, Emanuel Denner, discorre sobre os investimentos do governo no fomento e avanço da educação. “As obras estão bastante aceleradas, já temos 70% da obra construída, e a previsão de recebimento é para o começo do ano de 2018. Está tudo dentro do cronograma previsto, já iniciamos as fases de inauguração da escola e é neste momento que partimos para audiências. Pretendemos entregar mais uma unidade que ofereça ensino de qualidade no nosso estado, visto que o Iema em tão pouco tempo se tornou referência na educação do Maranhão, trazendo reconhecimento regional, estadual, nacional e até internacional”, contou.

Representando o prefeito de Matões, o secretário de Finanças Marcos Vinícius conta sobre as oportunidades que o Instituto leva a Matões. “Acredito que o Iema é uma revolução cultural no nosso município, pois o investimento que o Governo Flávio Dino tem proporcionado ao nosso munícipio é uma revolução na cultura e na forma de se olhar o estudo. Debater com os principais interessados para que possamos chegar em cursos que realmente atendam a demanda dos alunos e do município foi de suma importância. E a partir de agora não vamos precisar atravessar o Rio Parnaíba, o Iema vai atender a demanda dos alunos e município”, contou.

Participante do diálogo, o estudante Vitor Guilherme, 16 anos, fala sobre as expectativas de estudar na rede Iema. “Ainda não havia participado de nenhuma audiência pública, é legal ter oportunidade de opinar nas decisões que são tomadas em nossa cidade. A vinda do Iema me incentivou a estudar mais, eu quero fazer um curso no Instituto para adentar ao mercado de trabalho”, afirmou.

Saiba mais

A segunda cidade a receber o evento será Brejo, nesta quinta-feira (5), às 14h, no auditório do Centro de Convenções do Baixo Parnaíba. No dia seguinte a área Itaqui-Bacanga sedia a audiência, às 10h, na Associação Comunitária Itaqui-Bacanga (ACIB). A próxima parada é Cururupu, que recebe a iniciativa na segunda-feira (9/10), às 9h, no auditório do Centro de Convenções O Precursor. Finalizando a itinerância das audiências, às 16h do dia 11 de outubro, no auditório da Câmara dos Dirigentes Lojistas de Santa Inês.

As novas unidades seguem o padrão Iema de qualidade e contam com salas de aulas bem equipadas, laboratórios, refeitórios, quadra poliesportiva, biblioteca, auditório, dentre outros.