Eletiva oferecida na unidade plena São Luís arrecada e doa 180 quilos de resíduos eletrônicos

9 de janeiro de 2019

001As disciplinas eletivas têm a função de dialogar com as diferentes áreas de conhecimento que fazem parte do modelo pedagógico do Instituto Estadual de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (Iema). Por isso, os alunos da unidade plena São Luís/Centro, orientados pelo professor Wanderson Aguiar através da eletiva “Retrash Tech”, arrecadou 180 quilos de resíduos eletrônicos que foram entregues na última terça-feira (9) à ONG Libertas.

Com a arrecadação também foram separados 50 quilos de resíduos eletrônicos para o laboratório de organização e manutenção em computadores da unidade, todo material foi coletado durante as fases da eletiva de reutilização de lixo eletrônico. Na eletiva também foram confeccionadas bijuterias e peças decorativas aproveitando teclados e outros componentes de computadores velhos, além da produção de chaveiros, pulseiras, brincos, quadros, porta-retratos, entre outros artigos.

Segundo o professor da unidade plena São Luís-Centro Wanderson Aguiar, um dos grandes propósitos da eletiva é despertar a consciência ambiental dos jovens. “Os alunos da disciplina aprendem que o descarte incorreto dos resíduos eletrônicos contamina o solo, a água e o ar e, assim, geram um grande risco à saúde da população. A ideia de uma eletiva que tratasse da reutilização do lixo eletrônico partiu dos nossos próprios alunos.

Analisamos as ideias e sugestões colocadas pelos alunos e escolhemos o tema lixo eletrônico para desenvolver a eletiva e o projeto”, contou o professor acrescentando que os alunos da eletiva, depois de aprenderem a fabricar as peças, desenvolveram a oficina de reutilização de lixo eletrônico em vários eventos, como o Dia da Família no Iema e a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT 2018). “Guardamos o material que não foi utilizado nas oficinas, parte dele – 50 quilos – está em utilização em aulas de organização e manutenção de computadores no laboratório de manutenção de computadores da nossa unidade, e a outra parte – 180 quilos – foi doada à ONG Libertas que fará o descarte adequado”, acrescentou.

No mês de dezembro foi realizada uma exposição com os produtos que foram desenvolvidos na eletiva, e os estudantes montaram uma árvore de Natal personalizada para decorar a unidade.