Estudantes do Iema Praia Grande recebem formação preparatória para estágio

15 de maio de 2017

“Para mim é um sonho que se torna realidade! Estava aguardando ansiosamente esse momento que é, de fato, por em prática os conhecimentos que recebemos na teoria em sala de aula. O estágio nos permite crescer e amadurecer como profissionais, a teoria só não basta. Esse momento é fundamental para que o processo todo aconteça e o Iema está me proporcionando isso, fico muito feliz”, contou a estudante Marliane Dutra, que participou da formação “Reflexões éticas e postura profissional” realizada na sexta-feira (12) no auditório do Instituto de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (Iema), unidade vocacional da Praia Grande. A formação reuniu os alunos do curso de Produção Cultural.

Na oportunidade, os estudantes participaram de formação ministrada pelo supervisor de Estágio do Iema, Celso Rodrigues. “Vamos contextualizar esse momento de pré-estágio. Esta formação permite que os alunos possam entender como se portar no ambiente de trabalho e como ter sucesso daqui pra frente em sua caminhada profissional”, explicou.

O estágio é de caráter obrigatório e complementar para fazer com que o aluno tenha vivência na área. A partir da próxima semana os estudantes do curso de Produção Cultural terão como campo de estágio a Secretaria de Estado da Cultura e Turismo (Sectur).

“O estágio pode contribuir para a formação de bons profissionais e para a inserção deles no mercado de trabalho. Este é um momento de grande relevância, diria ímpar na formação desses estudantes”, disse o secretário de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação, Jhonatan Almada.

O secretário-adjunto de Educação Profissional, Tecnológica e Inclusão Social da Secti, André Bello, ressaltou que todos os cursos ofertados nas unidades do Iema são direcionados às vocações dos municípios, visando a inserção dos formandos no mercado de trabalho. “Quando terminarem os cursos, já estarão capacitados para fazer alguma atividade econômica. Gerar renda é um dos focos dessa iniciativa”, conclui.