Governo amplia unidade plena do Iema de Pindaré-Mirim

5 de abril de 2017

A educação pública no município de Pindaré-Mirim tem um novo modelo com o funcionamento da unidade plena do Instituto de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (Iema), uma iniciativa do Governo do Estado por meio da Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti). O Instituto tem como objetivo levar aos jovens da região a oferta de cursos técnicos integrados ao ensino médio em tempo integral.

De acordo com o secretário de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação, Jhonatan Almada, essas são medidas fundamentais para o incentivo de uma educação de qualidade. “Aqui temos uma política permanente de valorização dos professores, dos estudantes e dos gestores, fazemos um trabalho constante para que as coisas boas continuem melhorando ainda mais. As intervenções anunciadas são para ampliar a qualidade de um trabalho de sucesso”, disse o secretário.

Entre as intervenções executadas foi realizada a ampliação do prédio, que passa a contar com mais 12 salas de aula, refeitório e cozinha industrial, além de um bonito canteiro de frente. Em breve também será entregue uma nova sala para biblioteca. Além de mais acervo para a biblioteca, serão adquiridos mais equipamentos para os laboratórios. Ao todo está sendo investido um total de mais R$ 3 milhões para a execução das intervenções que devem ser realizadas ainda este ano.

“Nesta unidade é bem perceptível o sucesso do modelo pedagógico do Iema. Aqui podemos ver estudantes altamente motivados, que são protagonistas, com um grande potencial e diferencial em termos de participação, conhecimento e muito interesse em aprender”, concluiu Almada.

Para o Iema Pindaré-Mirim foram destinadas 120 vagas distribuídas igualmente entre os cursos de agropecuária, recursos pesqueiros e serviços jurídicos, com isso os estudantes não precisaram sair da cidade em busca de qualificação.