Governo do estado tem agenda de inaugurações no Iema neste mês de agosto

2 de agosto de 2019

O mês de agosto começou com o pé direito com a agenda de inaugurações de três obras do Instituto Estadual de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (Iema) a serem entregues nas próximas semanas pelo governo do estado. Trata-se da ampliação da unidade plena do Iema de São José de Ribamar, da entrega do prédio da unidade plena de Cururupu e do FabLab espaço maker da unidade plena do Iema Itaqui-Bacanga.

A primeira obra é a ampliação da UP São José de Ribamar que tem menos de três anos de funcionamento e terá 12 salas de aula climatizadas, banheiros, uma nova cozinha, um novo refeitório, nova sala de professores e nova biblioteca, e será inaugurada na próxima terça-feira (6), às 9h, pelo governador Flávio Dino. De acordo com o supervisor de Infraestrutura Educacional do Iema, Luiz Edmundo, foram investidos pelo menos R$ 2,6 milhões na estrutura que atende a acessibilidade de pessoas com deficiência.

Para o gestor geral da unidade Rodrigo do Norte, os investimentos no Iema evidenciam que a parte do poder público está sendo feita. “Uma educação pública de qualidade não é feita só com profissionais competentes, alunos motivados, material pedagógico, é feita também de investimentos, e com a entrega dessa ampliação o governo demonstra que está fazendo isso. Vemos que os nossos impostos são bem empregados, bem utilizados”, disse o gestor acrescentando que a comunidade escolar está satisfeita com a ampliação.

“Ficamos muito felizes com a qualidade e estrutura do prédio que tem uma nova biblioteca com acervo e espaço maiores, salas climatizadas, com data-show, armários. Vamos começar o segundo semestre com um ânimo maior, com motivação maior, sempre mantendo o padrão Iema de qualidade e alcançar novos resultados”, declarou o gestor Rodrigo do Norte.

Com inauguração prevista para o dia 9 de agosto, o FabLab espaço maker do Iema do Itaqui-Bacanga, é a segunda obra a ser inaugurada e servirá como um espaço de solução de problemas, desde a concepção de uma ideia até a prototipagem em caso de criação de produto. Os professores e estudantes do Instituto poderão desenvolver seus projetos voltados para a inovação tecnológica ou social.

O laboratório foi implantado a partir da parceria entre o governo do Maranhão e a Vale que investiu 250 mil na aquisição de computadores e equipamentos como impressora 3D por intermédio da Fundação Sousândrade (Fsadu). Já o Iema fez investimento de 35 mil em mobiliários e adequação do prédio, que fica na unidade plena de Itaqui-Bacanga.

Além de parceria com a Vale e Fsadu, o Instituto firmou convênio com o Centro Universitário Eniac de São Paulo para que os professores do Iema recebam capacitação na metodologia dos FabLabs e possam explorar melhor as funcionalidades do laboratório de fabricação. O objetivo é que o FabLab funcione em rede com polos nas unidades plenas de Pindaré-Mirim, Bacabeira e São Luís/Centro, unidades que receberão kits tecnológicos adquiridos pela Vale.

A gerente de Relações Institucionais da Vale, Vanessa Tavares, lembrou das cooperações exitosas que já foram firmadas entre a empresa e o Iema. “A parceria da Vale com o Iema já vem de longas datas, primeiro com a doação do prédio, onde foi implantado a unidade plena do Itaqui-Bacanga, equipamentos, formações, a concepção do curso de vulcanização, que é inédito no Brasil, e agora com o FabLab”, disse a gerente destacando a continuidade da parceria. “Para a Vale, é uma honra muito grande porque oportuniza a vários jovens um espaço no mercado de trabalho. Um dos focos de trabalho da Vale é a educação como política pública e uma das formas de contribuir efetivamente para seu desenvolvimento no estado é desenvolver projetos nesse sentido, e o Iema é um exemplo de educação de qualidade. Nós temos muita satisfação com essa parceria”, concluiu.

Com investimento de R$ 9,5 milhões, a unidade plena do Iema de Cururupu será inaugurada no dia 12 de agosto. A estrutura possui uma área de 4 mil m² e tem 12 salas climatizadas, laboratórios de física, química, matemática, biologia, informática, biblioteca, auditório, cozinha industrial, um refeitório amplo e arejado, uma quadra poliesportiva e setor administrativo.

A unidade beneficia 320 estudantes desde 2018, e, a partir do ano que vem, terá capacidade para mais 160 alunos da baixada maranhense que farão os cursos técnicos em manutenção e suporte em informática, serviços jurídicos, meio ambiente e alimentos.

“Neste mês de agosto faremos um conjunto de inaugurações que começa com ampliação da unidade plena de Ribamar, o nosso primeiro FabLab na unidade plena do Itaqui-Bacanga, e a inauguração da nossa unidade plena de Cururupu, agora efetivamente concluída. Esses são equipamentos que consolidam o trabalho realizado pelo Instituto e contribuem para que a educação profissional, científica e tecnológica que nós desenvolvemos possa chegar com maior qualidade e condições aos jovens do Maranhão”, destacou o reitor do Iema, Jhonatan Almada.