Governo entrega laboratório de curso técnico de Equipamentos Biomédicos do IEMA

13 de novembro de 2020
Secretário Felipe Camarão destaca investimentos do Governo do Estado em tecnologia e inovação nas escolas

Secretário Felipe Camarão destaca investimentos do Governo do Estado em tecnologia e inovação nas escolas

Os 120 estudantes do curso técnico em Equipamentos Biomédicos da unidade plena do Instituto Estadual de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IEMA), em Timon, receberam na última semana, um Laboratório de Equipamentos Biomédicos da Base Técnica para auxiliar na formação técnica e profissional, com investimento da ordem de R$ 839 mil reais, oriundos do Plano de Inovação, criado pelo Governo do Estado para garantir inovação e tecnologia aos estudantes.

Em todo o Brasil, só há cinco cursos técnicos em Equipamentos Biomédicos, como o que é oferecido no IEMA. De acordo com o professor do curso, o engenheiro Stenio Coelho, os investimentos em equipamentos para o laboratório serão um diferencial na formação dos estudantes.

“São equipamentos excelentes, bem modernos, extremamente tecnológicos, que um aluno que não é do IEMA e não vem da base técnica não tem acesso, normalmente. O osciloscópio, equipamentos de audiometria, eletrocardiograma, eletromiograma, enfim, o aluno que é egresso do IEMA terá uma base muito forte no mercado para poder atuar e também no curso de graduação, onde esses alunos ingressarão. Então, eles já têm uma vantagem em relação a outros alunos que não tiveram acesso a esses equipamentos, que vêm agregar demais em nosso curso”, apontou o professor.

Também professora do curso, a biomédica Sabrina Thaysa de Sousa Cavalcante, destacou a importância do laboratório para os estudantes. “O laboratório é um fator fundamental para os alunos que estão concluindo esse ano, porque eles terão acesso à prática, sem precisar sair do IEMA”, enfatizou.

O secretário Felipe Camarão destacou a soma de investimentos realizada pelo governo em educação e enfatizou que, durante a pandemia e suspensão das aulas presencias, professores que desejarem realizar a prática de laboratórios, respeitando as normas de biossegurança e proteção, podem fazê-lo. “Nossos estudantes têm acesso a laboratórios e equipamentos que poucas escolas brasileiras dispõem, então, se os professores quiserem agendar essa prática com seus estudantes no laboratório, podem fazer isso, respeitando as normas com equipamentos de segurança. Esse laboratório possibilitará que vocês, estudantes, tenham melhores condições para ingresso no mercado de trabalho e em universidades importantes para sua formação”, afirmou.

A estudante do IEMA, Renara Lúcia, que faz o curso técnico em Equipamentos Biomédicos, comemorou a entrega do novo laboratório. “Esse laboratório tem uma relevância muito grande porque ele permitirá um pouco da prática do mercado de trabalho. Então, a gente pode exercer nossa função dentro do laboratório para poder ter experiência para desenvolver lá fora, na clínica ou no hospital”, concluiu.

Mais fotos:

Fonte: Seduc
Fotos: Lauro Vasconcelos
13/11/2020