Governo inaugura Iema em Timon e mantém meta de entregar 23 unidades até 2018

10 de abril de 2017

IMG_1555O governador Flavio Dino inaugurou no sábado (8) a unidade plena do Iema de Timon, cidade localizada a cerca de 450 quilômetros da capital São Luís. Com essa nova escola, sobe para sete o número de unidades plenas do Instituto de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão. Atualmente, além de Timon, há unidades em Axixá, Bacabeira, Coroatá, Pindaré-Mirim, São José de Ribamar e São Luís. Escola de tempo integral, o Iema une o ensino médio ao técnico.

Ao falar para um público composto por alunos e familiares, professores e gestores do Iema, políticos e secretários de Estado, o governador Flávio Dino citou os investimentos realizados no Maranhão em infraestrutura, saúde e educação e destacou a importância do Iema para a região. “Esta escola tem uma história bonita porque é uma história de parceria e de união”, disse o governador, que agradeceu à Câmara e à prefeitura de Timon.

Em 2017, o Governo do Maranhão já inaugurou quatro unidades plenas do Iema, superando o número escolas entregues ano passado. Emocionada, Camila Mendes de Souza, gestora do Iema Timon, afirmou que a escola é motivo de orgulho para os timonenses, que passam a contar com uma instituição de ensino de qualidade e excelência. “Graças aos investimentos realizados em educação neste estado estamos aqui inaugurando esta unidade. Agradeço pela escola e por fazer parte dessa história de sucesso.”

Para Luciano Leitoa, prefeito municipal de Timon, a escola é a realização de um sonho, um espaço de revitalização de esperanças que cria novos cidadãos. “É um sonho de muitos anos, mas que se tornou realidade a partir de um esforço conjunto de pessoas como os deputados Bira do Pindaré e Rafael Leitoa, o secretário Jhonatan Almada, o governador Flávio Dino, dentre outros”, destacou.

Na opinião de Geraldo Andrade de Oliveira, da Diretoria de Articulação e Expansão de Educação Profissional e Tecnológica – DAE, que participou do evento representando o MEC, ‘toda instituição técnica de ensino traz consigo um papel transformador na sociedade’. “São capazes de gerar emprego e renda para a população e despertam o interesse dos empresários para que invistam ainda mais”, explicou Andrade ao enfatizar que o Governo do Maranhão articula com o MEC novos projetos. “Está quase tudo certo para que logo o Maranhão receba verba para equipar as escolas técnicas com laboratórios.”

Considerado um dos responsáveis pela implantação do Instituto de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão durante o Governo Flávio Dino, o deputado estadual Bira do Pindaré também enfatizou o papel da escola técnica e sua capacidade de mudar a vida das pessoas. Bira revelou que ‘graças à oportunidade que tive de fazer o ensino médio em uma escola técnica é que posso contar uma história diferente da maioria dos meus familiares e amigos’. “Agradeço ao secretário de Estado Jhonatan Almada pelo empenho à frente da Secti.”

Após descerrar a placa de inauguração, o governador foi recebido por alunos do Iema com apresentações musicais e dança. O governador visitou, uma a uma, as dependências da escola. O reitor do Instituto, Jhonatan Almada, e os pró-reitores Dario Soares (Pesquisa, Inovação e Extensão), Elinaldo Silva (Ensino) e Emanuel Denner (Planejamento e Gestão) e o coordenador do Iema vocacional, André Bello, também acompanharam Flávio Dino.

Ampliação

Secretário de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação, Jhonatan Almada explicou que a meta do governo, executada por meio da Secti, é entregar 23 unidades plenas até 2018. Almada reiterou não ter dúvidas de que a rede de educação profissionalizante em tempo integral do Governo do Maranhão, ‘a rede Iema’, vai proporcionar a inclusão da juventude maranhense, ofertando não só o ensino médio, mas cursos técnicos e, por conseguinte, uma profissão.

“Temos certeza de que essa rede vai expandir e se consolidar cada vez mais. Estamos trabalhando em parceria com outras secretarias de Estado como a de Infraestrutura para licitar e concluir novas unidades e chegar às 23 da meta. Além disso, estamos melhorando a estrutura de um grande número das unidades vocacionais, cujos prédios recebemos em estado de depredação.”

O secretário revelou que está em andamento a construção de cinco unidades. Essas unidades plenas estão distribuídas entre os municípios de Carutapera, Coroatá, São Domingos, Santa Helena, São Mateus e Matões. “Temos a previsão de licitar mais 12 unidades, imprimindo um ritmo muito forte de cobrança e fiscalização das empresas construtoras para que nos entreguem essas obras dentro do prazo, considerando que o recurso advindo pelo BNDES está disponível para o Maranhão’, disse.

Jhonatan Almada lembrou que recentemente o Governo do Maranhão obteve uma grande conquista junto ao Ministério da Educação: o financiamento para quitar laboratórios das unidades plenas no valor de R$ 17 milhões.
Iema – unidade vocacionais

Com o papel de realizar a qualificação profissionalizante dos trabalhadores por meio de cursos que gerem emprego e renda ou reinserção profissional de forma a atender às necessidades mais imediatas do mercado, as unidades vocacionais do Iema também fazem parte da meta do Governo do Maranhão para dar condições de vida digna aos maranhenses.

O secretário de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação, Jhonatan Almada, relata que algumas dessas escolas estão instaladas em prédios herdados da antiga Univima – estavam em estado de depredação – que receberam melhorias. A título de exemplo, Almada citou prédios localizados nas cidade de Bequimão, Codó e São Luís.
“Continuamos nesse processo de melhoria de nossa rede para que todos os 15 prédios espalhados pelo Maranhão alcancem o padrão ‘Iema de qualidade’ na oferta de educação profissional e tecnológica”, concluiu.

Equipe

Esta é a quarta unidade plena do Iema inaugurado apenas neste ano de 2017. Antes de Timon, o Governo do Maranhão inaugurou escolas em Axixá, Coroatá e São José de Ribamar. Satisfeito com os resultados, o secretário de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação, Jhonatan Almada, fez um agradecimento especial à equipe da Secti por todo o empenho e dedicação.

“Não teríamos chegado até aqui sem a nossa equipe de trabalho, que é enxuta, porém aguerrida e muito dedicada. É um fator positivo para estarmos entregando esta unidade e por já termos consolidado o nosso modelo educacional inovador”, disse o secretário, afirmando que ‘a equipe tem se empenhado, ao longo desses 2,3 anos do Governo Flávio Dino, em cumprir o programa que nos compete, que é o vinculado à ciência, tecnologia e educação profissionalizante.”

“Temos a sensação do dever cumprido, porque recebemos a missão de colaborar na entrega dessas escolas e agora inauguramos a sétima unidade”, disse o pró-reitor de Planejamento e Desenvolvimento do Iema, Emanuel Denner.
“Como o próprio governador falou, o mais importante é a satisfação dos alunos e de seus familiares, e isso pudemos perceber hoje que é real, o que nos deixa com essa sensação do dever cumprido”, concluiu.