História de Estudante: Ryan Carlos

7 de julho de 2021

Hoje temos a história do estudante Ryan Carlos Matos da Silva, 19 anos, egresso do 3º ano do Ensino Médio no curso Técnico em Serviços Jurídicos na Unidade Plena de Timon. Ele foi uma criança a frente do seu tempo e por isso aprende tudo com facilidade, seja na área de Humanas ou na de Ciências Exatas. E certamente ele também tem sonhos. O Ryan quer ser cineasta e ocupar espaços e distâncias bem maiores do que conseguiu conquistar até aqui. Vamos saber mais sobre ele lendo esse relato.

Estudar no período integral reforçou a criação de laços afetivos na escola, cada aluno tinha com quem contar em seus momentos de conquistas e desesperos

Estudar no período integral reforçou a criação de laços

Meu nome é Ryan Carlos Matos da Silva, sou de Timon, desde minha infância resido neste município. Venho de uma família pequena, devido a isso, tenho contato com poucos parentes, então, quanto a essa questão de apoio familiar, foram poucos os que de fato, me ajudaram. Minha vida está marcada por mulheres que desempenham papéis significativos nas minhas conquistas, mas também, homens de grande importância se fizeram presentes.

Sempre fui uma criança a frente do meu tempo, nunca precisei de ajuda dos meus pais e familiares nos estudos, e se eu não sabia de algo, tinha facilidade de aprender rápido. Nesse quesito os maiores influenciadores no aprendizado foram meus professores, por mais que família viesse a me mostrar meu futuro dentro da escola. Sou egresso do 3º ano do Ensino Médio no curso Técnico em Serviços Jurídicos na Unidade Plena de Timon. Atualmente estou focado em investir na área que sonho trabalhar, que é o cinema, e acredito muito que para realizar um sonho é necessário acreditar nele.

Na UP Timon, conheci profissionais incríveis o que torna muito difícil escolher um em particular, mas se tem uma característica que marca muito meus professores é a capacidade de despertar nos alunos o olhar crítico por meio da arte. A partir das experiências em sala de aula me aproximei da vontade de ser roteirista e/ou diretor de cinema. Sou um garoto da Área de Humanas, mas muito curioso para as Ciências Exatas e mesmo não sendo tão bom, a lógica me fascina.

ryan site

Na instituição, criei várias conexões, dentre desvios de atenções a acertos com colegas dispostos a estudar, percebi que de fato é necessário ter pessoas para indicar o que seguir e o que não seguir. Estudar no período integral reforçou a criação de laços afetivos na escola, cada aluno tinha com quem contar em seus momentos de conquistas e desesperos. Isso chega a nos moldar e nos tornar pessoas cada vez melhores.

Dentre as dificuldades que encontrei para chegar aqui, destaco a falta de apoio, em geral, da sociedade na qual estou inserido, por isso acredito que as pessoas devem dar mais valores aos sonhos das outras. Como disse, o IEMA é uma família, aprendi a moldar um Ryan diferente daquele que entrou no primeiro ano, pois é tanta coisa nova dentro da escola que você acaba se tornando o melhor que pode ser.

Ser estudante do IEMA é uma verdadeira aventura, podemos confirmar que a história da nossa vida pode ser transformada em um real enredo de novela capaz de emocionar de maneiras diferentes. O mais marcante foram as vivências. Em apenas três anos conquistei mais coisas que em minha vida inteira. O IEMA me mostrou um mundo que eu tinha conhecimento, mas precisava de oportunidades para desfrutá-lo.

Agora que concluí a etapa dentro do IEMA, meus olhos se voltam para os palcos, câmeras e tudo que está vinculado às artes. Aos poucos, estou começando a ter resultados. Como um “recém-adulto” ainda sinto aquela insegurança de adolescente “E se…”, pois o meu maior medo é que eu pare de acreditar em meus maiores sonhos. O desejo de trabalhar com cinema é o combustível que move a minha vida e farei de tudo para poder conquistar isso de forma honesta e humilde sempre.

Se você está entrando agora no IEMA, não pare um segundo de tentar. Quando sentir interesse por algo, vá em frente, mesmo com medo ou vergonha. Talentos não são descobertos, talentos apenas são omitidos pela vergonha. Acredite em você e confie no seu potencial.