Professor Honoris Causa

image

Tânia Bacelar

Tânia Bacelar de Araújo. Possui graduação em Ciências Sociais pela Faculdade Frassinetti do Recife (1966), graduação em Ciências Econômicas pela Universidade Católica de Pernambuco (1967), Diploma de Estudos Aprofundados – D.E.A. pela Universidade de Paris I, Panthéon-Sorbonne (1977) e doutorado em Economia Pública, Planejamento e organização do espaço pela Universidade de Paris I, Panthéon-Sorbonne (1979). Exerceu vários cargos públicos e atualmente é professora aposentada da Universidade Federal de Pernambuco, sendo também sócia da CEPLAN Consultoria Econômica e Planejamento. Economista da SUDENE (20 anos) tendo sido Diretora de Planejamento Global (1985/86),  Secretária de Planejamento de Pernambuco 1987/88,  Secretária da Fazenda de Pernambuco 1988/1990,  Diretora do Departamento de Economia da FUNDAJ 1990 /1995, Secretária de Planejamento,Urbanismo e Meio Ambiente do Recife 2001/2002,  Secretária Nacional de Políticas Regionais pelo Ministério da Integração Nacional 2003, Coordenadora do Grupo de Trabalho de Recriação da SUDENE e da SUDAM 2003.


Marcelomedio

Marcelo Viana

Marcelo Miranda Viana da Silva. Nasceu no Rio de Janeiro e cresceu no norte de Portugal, onde concluiu a graduação em matemática pela Universidade do Porto em 1984. Regressou ao Brasil para fazer o doutorado no Instituto de Matemática Pura e Aplicada (IMPA), tendo obtido o respectivo grau em sistemas dinâmicos em 1990. Atualmente é pesquisador titular e diretor-geral do IMPA, bolsista de produtividade 1A do CNPq e membro do comitê executivo e tesoureiro do Conselho de Matemática das Américas. Foi membro do conselho deliberativo do CNPq, presidente da Sociedade Brasileira de Matemática (SBM), vice-presidente da União Matemática Internacional (IMU), coordenador cientifico da União Matemática da América Latina e do Caribe (UMALCA), diretor adjunto do IMPA, membro do comitê executivo da IMU, coordenador do comitê assessor de matemática e estatística no CNPq (por duas vezes), representante da área de matemática, probabilidade e estatística na CAPES e na FAPERJ, chefe do escritório regional na América Latina da Academia de Ciências do Mundo em Desenvolvimento (TWAS), vice-presidente da SBM e presidente do conselho gestor do PROFMAT – Mestrado Profissional em Matemática em Rede Nacional. Seu trabalho como pesquisador em matemática está centrado nas áreas de sistemas dinâmicos, teoria ergódica e teoria das bifurcações. Orientou 37 doutores e 19 mestres. É editor de diversas revistas de circulação internacional, membro titular da Academia Brasileira de Ciências e da TWAS e membro correspondente das Academias de Ciências de Portugal e do Chile. Foi distinguido pela presidência da república com a Grã-Cruz da Ordem Nacional do Mérito Científico, em 2000, e com o grau de Comendador da Ordem Nacional do Mérito Educacional, em 2018. Foi o primeiro brasileiro convidado a proferir palestras plenárias no Congresso Internacional de Física Matemática, em 1994, e no Congresso Internacional de Matemáticos (ICM), em 1998. Também proferiu palestra por convite no ICM de 1994 e palestra plenária no Congresso Latino-americano de Matemáticos de 2012. Ganhou o Prêmio TWAS em 1998, o Prêmio UMALCA em 2000, o Prêmio Ramanujan do Centro Internacional de Física Teórica (ICTP) em 2005, o Prêmio Universidade de Coimbra em 2007, o Grande Prêmio Científico Louis D. do Institut de France em 2016 e o Prêmio Anísio Teixeira da Educação Básica também em 2016. Juntamente com Hilário Alencar, idealizou e liderou o PROFMAT. Criou as Jornadas Nacionais de Iniciação Científica do IMPA e o programa Integrando a Amazônia da SBM. Preside o comitê organizador do Congresso Internacional de Matemáticos ICM 2018, que será realizado no Brasil de 1 a 9 de agosto de 2018. Concebeu e lidera o projeto do Biênio da Matemática 2017-2018 (Lei 13.358 de 7 de novembro de 2016)


 

F-QbW8m4

Ubirajara do Pindaré Almeida Sousa

é Bacharel em Direito pela Universidade Federal do Maranhão (UFMA) e Mestre em Políticas Públicas pela mesma Universidade. Bancário e advogado. Deputado estadual no segundo mandato. Foi presidente do Sindicato dos Bancários do Maranhão, Delegado Geral do Trabalho no Maranhão e Secretário de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação. Reitor do IEMA de 27/05/2015 a 14/03/2016.

 

 

 

 

 


Raimundo Palhano

RAIMUNDO-PALHANO

graduado em Ciências Econômicas pela UFMA (1972), Especialista em Administração Pública pela UEMA, (1975), em Planejamento do Desenvolvimento pela UFPA, (1983) e Economia do Setor Público pela Unicamp (1989). Realizou capacitação e aperfeiçoamento em Planejamento Educacional (Universidad Central de Las Villas, Cuba, 1987), Sociedade e Política no Brasil Contemporâneo (Instituto Universitário de Pesquisas do Rio de Janeiro-IUPERJ, 1986) e Planejamento e Gestão do Ensino Superior (Iowa State University, EUA, 1976). Participante de intercâmbios internacionais sobre planejamento e educação nos Estados Unidos, Cuba, Venezuela, Chile e França. Mestre em História, concentração em Urbanização e Industrialização pela Universidade Federal Fluminense do Rio de Janeiro-UFF (1987).

 


13668992_123166824790238_8839987270210406595_n

Rossini Corrêa

é maranhense de São Luís, nascido em 08 de setembro de 1955. Dedicado aos estudos jurídicos, teológicos, filosóficos e sociais, Rossini Corrêa – que participou de seminários jurídicos na Pontifícia Studiorum Universitas Urbaniana, no Vaticano e na Libera Università Maria Santíssima Assunta, em Roma, bem como na Universität Hamburg, na Alemanha e na L’Ecole Nationale de la Magistrature à Paris e de conferência na Sultan Qaboos University, do Sultanato de Oman – possui Bacharelado em Ciências Sociais pela Universidade Federal de Pernambuco (1978), Bacharelado em Direito pela Universidade Católica de Pernambuco (1981), Mestrado em Ciência da Religião pelo Instituto de Ensino Superior Evangélico (1998), Mestrado em Direito Canônico pela Faculdade Teológica Panamericana (1998), Mestrado em Ciências Sociais pela Universidade Federal de Pernambuco (1982), Doutorado em Teologia ThD, pela Faculdade de Teologia Antioquia Internacional (1998), em Theology, pela Antioch Christian University, em Sociologia, pela Universidade de Brasília (1987), Doutorado e Pós-Doutorado em Direito Internacional, pela American World University (2002 e 2008).

 


 

ericeira

João Batista Ericeira

mestre em Direito de Estado pela Universidade de Brasília, profissional nacionalmente respeitado e cultivador de notáveis conhecimentos nas
áreas de História e Ciências afins. É Presidente da Academia Maranhense de Letras Jurídicas, Vice-Diretor-Geral da Escola de Formação de Governantes do Maranhão, Vice-Diretor da Associação Brasileira de Advogados Eleitorais (ABRAE), Presidente da Associação Brasileira de Advogados (ABA/Seccional Maranhão), Presidente da Associação Maranhense de Advogados – AMAd, Diretor da Escola Superior de Advocacia da Ordem dos Advogados do Brasil/Seccional Maranhão e sócio majoritário do escritório “João Batista Ericeira Advogados Associados”. É também membro do Instituto dos Advogados do Brasil e do Instituto Histórico e Geográfico do Maranhão. Coordenador do Núcleo de Ciência Política do Centro de Estudos Constitucionais e de Gestão Pública-CECGP.Foi membro do Conselho Consultivo e Secretário-Geral da Escola Nacional de Advocacia, do Conselho Federal da OAB, Vice-Presidente do Conselho Editorial e da Comissão de Defesa da República e da Democracia, da OAB-MA, Presidente da Seccional maranhense do Colégio Brasileiro de Faculdades de Direito, Diretor da Revista da ENA, membro do Conselho Estadual de Trânsito e do Conselho Estadual de Desenvolvimento Econômico e Social do Maranhão.

 


Simon Schwartzman

Simon

Simon Schwartzman, nascido em Belo Horizonte é pesquisador do Instituto de Estudos do Trabalho e Sociedade no Rio de Janeiro. Foi, entre 1994 e 1998, Presidente do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e, entre 1999 e 2002, diretor para o Brasil do American Institutes for Research.

Estudou sociologia, ciência política e administração pública na Universidade Federal de Minas Gerais (1961); tem um mestrado em sociologia pela Faculdade Latino-americana de Ciências Sociais (FLACSO), Santiago do Chile (1963); e Ph.D. em ciência política pela Universidade da Califórnia, Berkeley (1973).  Foi professor da Universidade Federal de Minas Gerais, tendo sido afastado pelo golpe militar de 1964 e reintegrado em 2000, quando se aposentou.


fernando_haddad_0

Fernando Haddad

Nascido em São Paulo, no dia 25 de janeiro de 1963. Bacharel em Direito, Universidade de São Paulo, 1985. Especialização em Direito Civil. Mestre em Economia, Universidade de São Paulo, 1990. Especialização em Economia Política. Doutor em Filosofia, Universidade de São Paulo, 1996. Professor de Teoria Política Contemporânea no Departamento de Ciência Política da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Sociais da Universidade de São Paulo. Analista de Investimento do Unibanco. Consultor da Fundação de Pesquisas Econômicas (Fipe). Chefe de Gabinete da Secretaria de Finanças e Desenvolvimento Econômico da Prefeitura do Município de São Paulo. Secretário Executivo do Ministério da Educação. Ministro de Estado da Educação de 2005-2012. Prefeito de São Paulo de 2013-2016.


CLaudiaCostin

Cláudia Maria Costin

Possui graduação em Administração Pública pelo Fundação Getúlio Vargas-SP(1978) e mestrado em Economia Aplicada a Administração pelo Fundação Getúlio Vargas – SP(1986). Atualmente trabalha para o Centro de Excelência e Inovação em Políticas Educacionais (CEIPE) e é professora na Fundação Getúlio Vargas. Foi Diretora Sênior para Educação no Banco Mundial de julho de 2014 a junho de 2016. Antes de ingressar no Banco Mundial em julho de 2014, Cláudia Costin, cidadã brasileira, foi Secretária da Educação da Cidade de Rio de Janeiro. Sob sua direção os resultados da aprendizagem aumentaram 22% na cidade. Implementou também o programa Primeira Infância, trabalhando entre os setores com a Secretaria da Saúde e a Secretaria de Proteção Social. Cláudia foi Vice-Presidente da Fundação Victor Civita, dedicada a melhorar a qualidade do ensino público. Acreditando no poder transformacional da educação, ajudou a criar o movimento da sociedade civil Todos pela Educação de cuja Comissão Técnica é membro. Convencida de que a motivação dos professores é crítica para a aprendizagem real, Cláudia mantém contato com milhares de professores pela mídia social. Entre seus cargos anteriores figuram Secretária da Cultura do Estado de São Paulo e Ministra Federal, Administração Pública e Reforma Estadual. Foi também Secretária Executiva do Instituto Hélio Beltrão e Diretora Executiva da Promon Intelligens. Anteriormente foi Gerente Setorial de Redução da Pobreza e Gestão Econômica para a América Latina e o Caribe do Banco Mundial. Foi também assessora de vários governos africanos em política pública e modernização estatal. Cláudia exerceu cargos acadêmicos na Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP), Fundação Getúlio Vargas, INSPER Instituto de Educação e Pesquisa e École Nationale d’Administration Publique (ENAP) de Québec, Canadá. Tem Mestrado em Economia pela Escola de Administração de Empresas de São Paulo da Fundação Getúlio Vargas.


Encontro com Roberto Amaral, líder do PSB Dilma Rousseff durante o encontro com Roberto Amaral, líder do PSB. Brasília - DF, 13/10/2014. Foto: Ichiro Guerra/ Dilma 13

Roberto Átila Amaral Vieira

Graduação em Ciências Jurídicas e Sociais pela Universidade Federal do Ceará (1964). Bacharel em Filosofia pela Faculdade Católica de Filosofiado Ceará (1965). Professor adjunto da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, professor titular – Faculdades Hélio Alonso. Ex-professor da UFRJ. ex-diretor-geral da Binacional Alcântara Cyclone Space e ex-Ministro de Estado da Ciência e Tecnologia. (2003/2004) . Membro do Conselho Deliberativo do BNDES e do Coselho de Administração da Itaipu Binacional. Editor da revista Comunicação&política do Centro Brasileiro de Estudos Latino-Americanos. Tem experiência na área de Ciência Política, com ênfase em Estudos Eleitorais e Partidos Políticos, atuando principalmente nos seguintes temas: política, comunicação, Brasil, democracia,ciência, ciência&tecnologia e estratégia. Foi ministro de Estado da Ciência e Tecnologia.


Beato o tempo

Affonso Beato

Nascido no Rio de Janeiro, Brasil. Cidadão americano, morando em Santa Monica, CA, EUA. Bacharel em Belas Artes. Dirigiu cinco documentários. Experiência de trabalho nos Estados Unidos, Canadá, Inglaterra, Escócia, Irlanda, França, Espanha, Portugal, Alemanha, Itália, Bélgica, Israel, Jordânia, Grécia, México, Brasil, Colômbia, Chile, Bolívia, Argentina, Venezuela, Porto Rico e Cuba. Perfil completo em http://www.affonsobeato.com/