IEMA cria regulamento para utilização de laboratórios técnicos

20 de abril de 2021
Professor Adryan Correa com estudantes no laboratório da UP BACELAR PORTELA

Professor  Diego Dantas com estudante no laboratório da UP BACELAR PORTELA

Entrar em um laboratório técnico mesmo que seja somente para conhecer exige certos cuidados. Imagine trabalhar nesse ambiente manipulando equipamentos e materiais sensíveis? Por onde começar essa séria aventura? É por isso que são criados regulamentos que determinam normas para atender desde a utilização de equipamentos, limpeza, conservação e acondicionamento dos materiais, passando pelo controle de fluxo de pessoas, até a manipulação de produtos e substâncias. Requer, ainda, atenção e zelo especiais para que não ocorram acidentes.

Com esse propósito, o Instituto de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IEMA) criou o “Regulamento do Uso de Laboratórios do Eixo: Controle e Processos Industriais”, que contempla normas de organização referentes ao uso dos laboratórios técnicos das áreas de Eletrotécnica, Eletroeletrônica, Eletromecânica e Mecânica. O documento é um passo a passo para orientar usuários sobre as regras gerais, direitos e deveres que regem a utilização dos laboratórios das Unidades Plenas com o objetivo de evitar riscos de incidentes e acidentes durante a utilização dos equipamentos, descrições detalhadas das responsabilidades e sobre acesso e permanência nas instalações.

Segundo o coordenador de Laboratórios de Base Técnica, Adryand Coelho, as aquisições de equipamentos e materiais vêm sendo ampliadas constantemente. “Além da modernização dos laboratórios técnicos nas Unidades Plenas, é necessário estabelecer parâmetros para aprimoramento na utilização das instalações, e uma das metas é a criação de regulamentos técnicos dos eixos tecnológicos. Os principais objetivos são propiciar condições uniformes nas unidades, adequadas a cada tipo de curso, e monitorar o emprego desses recursos para que tenham o máximo aproveitamento possível em benefício de todos os nossos alunos”, explica.

WhatsApp Image 2021-04-19 at 16.11.35Os laboratórios poderão ser utilizados por professores e estudantes dos cursos ofertados nas Unidades Plenas, por técnicos administrativos e pela comunidade externa em atividades de ensino, pesquisa e extensão, os quais assumem suas responsabilidades e deveres descritos no regulamento. A normativa geral para os usuários é que todos deverão ter conhecimento prévio acerca das regras de segurança, normas e procedimentos corretos para utilização e manuseio de equipamentos, ferramentas, máquinas, utensílios, componentes, materiais e substâncias. O gestor geral da Unidade Plena é responsável pelo patrimônio dos Laboratórios Técnicos.

O IEMA possui uma rede com 74 laboratórios funcionando em suas Unidades Plenas e mais de 50 laboratórios em processo de licitação para atender as demandas dos estudantes. O diretor de Ensino e Pesquisa, Elinaldo Silva, lembra que durante o processo de implantação dos laboratórios a instituição oferece formação continuada aos professores. “Esse manual é um referencial para o bom uso dos laboratórios adotando medidas técnicas definidas pela Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) e orientações a professores e estudantes para que possam usá-los com segurança. Estimamos que por meio desse uso possam construir uma educação melhor, baseada na prática dos conteúdos curriculares o que faz com que esse conhecimento tenha mais sentido e significado na vida desses estudantes”, conclui.

Texto: Maristela Sena
Fotos: Riccardo Otávio