Iema lança edital de concurso de redação em homenagem a Bandeira Tribuzi

12 de abril de 2018

LogoCom o objetivo de incentivar o fomento à leitura e à escrita, oportunizando o reconhecimento de talentos da comunidade escolar, além de homenagear o escritor e poeta Bandeira Tribuzi, o Instituto de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (Iema) lançou na tarde desta quarta-feira (11) o edital para concurso de redação com o tema “Bandeira Tribuzi: vida e obra”. O concurso visa selecionar textos escritos pelos estudantes regularmente matriculados nas unidades plenas do Iema de São Luís, Bacabeira, Axixá, Coroatá, Timon, São José de Ribamar e Pindaré-Mirim, sendo os textos obrigatoriamente estruturados conforme as normas estabelecidas no edital. Veja edital!

As inscrições serão gratuitas e estarão abertas em cada unidade plena no período de 20 de abril a 4 de maio. Os interessados deverão se inscrever na biblioteca da unidade plena em que estiverem matriculados, preenchendo devidamente o formulário de inscrição disponível em versão impressa. No ato da inscrição, o candidato poderá escolher um tutor que lhe prestará as devidas orientações para a elaboração da redação.

O reitor do Iema, Jhonatan Almada, destacou a relevância da ação. “O concurso de redação tem como intuito fazer com que os nossos estudantes conheçam com mais propriedade esse importante intelectual maranhense. É uma iniciativa da Rede de Bibliotecas do Iema, e claramente estimula a produção textual, a pesquisa e a leitura dos nossos alunos”, destacou.
Segundo o diretor de Ensino do Iema, Elinaldo Silva, o concurso é de extrema importância. “A Rede de Bibliotecas Bandeira Tribuzi já faz uma homenagem ao escritor maranhense, e o concurso vem para consolidar esse reconhecimento do nosso grande poeta, afim de que os alunos conheçam sua trajetória, sua vida, sua arte e suas obras. O edital possibilita que o estudante possa, através de uma produção escrita, desenvolver suas habilidades em língua portuguesa, e oportuniza que através da escrita ele possa demonstrar a vida e obra desse grande escritor que é o Bandeira Tribuzi”, explicou.

O candidato também contará com quatro horários para a produção da redação, no turno e sala de aula definidos pela coordenação do concurso da unidade plena. O texto deverá ter entre 25 a 40 linhas, ser manuscrito em português e registrado com caneta esferográfica azul ou preta.

As premiações acontecerão em cada unidade plena do Instituto. Para o primeiro colocado será entregue um livro acompanhado de um brinde surpresa e um certificado de honra ao mérito e de participação e reconhecimento, além da divulgação no site do Iema. O segundo colocado também ganhará um livro e certificado de honra ao mérito. O estudante que ficar em terceiro lugar também receberá o certificado de honraria.