Iema promove formação em metodologias inovadoras na área de matemática

12 de abril de 2018

Buscando fomentar o desenvolvimento, interdisciplinaridade, maximização e interação dos professores da disciplina de matemática com os estudantes, o Instituto de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (Iema) promove durante os dias 13 e 14 de abril a primeira ‘Formação em Metodologias Inovadoras na Área de Matemática’.

Com carga horária de 16h, a formação acontecerá na UP São Luís, de 7h30 às 17h, durante os dois dias de atividades. Os 23 professores de matemática das trezes unidade plenas – Axixá, Bacabeira, Coroatá, Cururupu, Itaqui-Bacanga, Presidente Dutra, Pindaré-Mirim, Timon, São Luís, São José de Ribamar, Matões, Brejo e Santa Inês, desenvolverão a matemática através de oficinas que irão trabalhar, por exemplo, conjuntos numéricos, função, polinômios, equações, tangram, teorema de Pitágoras, dentre outros assuntos da primeira série do ensino médio.

Segundo o diretor de Ensino do Iema, Elinaldo Silva, o objetivo da formação é apresentar novas metodologias na área. “Por meio de oficinas, os professores aprenderão que é possível utilizar metodologias diferentes para que os estudantes compreendam cada tópico contido no conteúdo programático, visto que a proposta pedagógica do Iema tem como base a formação integral dos alunos através da oferta de atividades e experiências inovadoras e significativas”, explicou Elinaldo.

O reitor do Iema, Jhonatan Almada, enfatiza a importância das formações continuadas para o sucesso dos professores. “Dentro do Iema existe um plano anual de formação continuada para os professores, essa formação em metodologias na área de matemática compõe esse plano e vai permitir que os professores tenham todo o apoio para que seu trabalho seja desenvolvido com sucesso, por isso o foco desta formação em matemática é a metodologia do ensino. Nesse sentido, o Iema estabelece esse plano de formação e implementa ao longo do ano essas atividades com o objetivo de que os professores possam cada vez mais aperfeiçoar o trabalho docente em sala de aula”, afirma o reitor.

Concordando com as palavras do reitor, o diretor Elinaldo Silva finaliza sua explicação afirmando que “a formação vai mostrar que é possível ter interdisciplinaridade da matemática com outras disciplinas e com projeto de vida do aluno. A matemática não pode ser trabalhada em uma caixinha fechada, deve andar de mãos dadas com outras áreas de conhecimentos para que o aluno perceba que cálculos, funções, plano cartesiano dentre outros assuntos, têm um objetivo em seus estudos e também em sua vida pra além da escola”, finaliza.