IEMA realiza audiência pública com estudantes em Balsas

15 de outubro de 2021

 

audiencia balsas 05 O Instituto Estadual de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IEMA) realizou nesta quinta-feira, 14, no auditório da UEMA, em Balsas, a Audiência Pública para a Escolha dos Cursos Técnicos, que entrarão na grade curricular da Unidade Plena, em 2022. Os cursos estão inseridos nos eixos Informação e Comunicação (Desenvolvimento de Sistemas, Redes de Computadores e Computação Gráfica); Ambiente e Saúde (Análises Clínicas, Enfermagem e Farmácia); Recursos Naturais (Agronegócio, Agropecuária e Agroecologia); e Gestão e Negócios (Administração, Logística e Comércio).

O evento contou com a participação maciça de estudantes da rede municipal, que estão concluindo o 9º ano do Ensino Fundamental e foram conhecer a metodologia e os Cursos Técnicos Profissionalizantes Integrados ao Ensino Médio em Tempo Integral a serem ofertados na Unidade Plena de Balsas. As próximas audiências serão em Colinas, no sábado, 16. Na próxima semana serão contemplados os municípios de Chapadinha, Coelho Neto, Tutóia e o Tamancão (São Luís).  Em novembro será a vez de Santa Helena e Carutapera.

Participaram da mesa de abertura da audiência, o vice-prefeito de Balsas, Celso Henrique Borgneth, o secretário de Estado de Desenvolvimento Social, Márcio Honaiser, o gestor da Unidade Regional de Educação (URE) de Balsas, Flávio Damasceno, o gestor de Articulação Política da Secap, Marcio Rego, o professor e assistente de Centro da UEMA, Olívio Crispim, a diretora de Ensino e Pesquisa do IEMA, Monica Piccolo, a coordenadora do Modelo Pedagógico do IEMA, Nácia Noleto e o reitor Alex Oliveira.

Para o reitor do IEMA, Alex Oliveira, “essas audiências precedem um novo ciclo de expansão do IEMA para 2022. Representam uma oportunidade de diálogo com a comunidade escolar e com a sociedade de cada uma das cidades, para que possam apresentar demandas, expectativas em relação aos cursos e aprofundar a ligação entre a oferta destes e as possibilidades de desenvolvimento sociorregional dos municípios”.

audiencia balsas 02Ana Cássia Soares, 15 anos, aluna do 9º ano da escola municipal José Bernardino, participou da audiência e quer cursar Agropecuária. “Quero trabalhar com agricultura, estudar a base para depois fazer curso universitário de Agronomia. Gosto do curso, pois me faz pensar em levar alimentos para todos”, disse.

Walison Oliveira e Eduardo Silva, ambos com 15 anos, são colegas de turma na escola Monsenhor Clóvis Vidigal. O primeiro sonha em “ser alguém na vida” e tem dúvida entre os cursos de Informática e Comércio. O Eduardo diz que quer “ser uma pessoa boa, dar o melhor para a família”. “Quero cursar Administração para trabalhar e dar ideias para empresas”, contou.

O Artur Ribeiro, 14 anos, da escola Professora Virgínia Cury, também tem interesse em duas áreas. “Gosto do curso de informática, mas também do curso de enfermagem. Me atrai porque penso em cursar Medicina e ajudar minha mãe que tem problemas de saúde”, disse.

A diretora de Ensino e Pesquisa do IEMA, Monica Piccolo, falou sobre a receptividade dos estudantes ao convite para assistir à audiência. “Em um auditório repleto de jovens da cidade de Balsas, o projeto do IEMA foi apresentado como possibilidade de ingresso no ensino técnico, que poderá garantir acesso ao mercado de trabalho, ou à Universidade, ou ainda, ao  caminho do empreendedorismo. Trajetórias que serão definidas de acordo com o Projeto de Vida de cada um deles. Ao final da audiência pública para definir os cursos técnicos de 2022, saímos todos com a certeza do impacto que o projeto educacional do IEMA terá sobre a cidade de Balsas”, concluiu.