Iema realiza audiência pública no município de Cururupu

10 de outubro de 2017

Na manhã desta segunda-feira (9), o Instituto de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (Iema) realizou a audiência pública visando escolher os cursos que serão ofertados em sua unidade no município de Cururupu. Um portfólio contendo 12 cursos técnicos vinculados ao ensino médio foi apresentado e posteriormente votado por alunos das escolas de ensino médio Herculana Vieira I, Herculana Vieira II, Escola Rosinê Rabelo. Pais de alunos, professores e moradores de áreas adjacentes também participaram da votação.

O evento iniciou-se com chamada para composição de mesa solene, cujos componentes foram a prefeita de Cururupu, a professora Rosinha Chaves, o secretário de educação Udinaldo Rabello, o presidente da Câmara Ebenilson Ascalha, o superintendente regional de articulação política Adenilson Mafra, o assessor Paulo Serra, que na ocasião representou o deputado Bira do Pindaré, o chefe de gabinete Batista Diniz, o secretário de Administração e Finanças Ailton Abreu, além dos pró- reitores Emanuel Denner – Gestão e Planejamento, e Dario Soares, – Pesquisa e Extensão.

Além dos componentes da mesa solene, estava presente o professor de matemática e robótica do Iema Fábio Aurélio, os vereadores Daniel Louzeiro, Júnior Belém, Antônio Filho, Luís do Fórum e Roberto Pestana. Após composição da mesa, a banda de música Liberalino Miranda, sob a regência do maestro Miranda Neto, entoou o hino Nacional Brasileiro, e a canção popular “Parabéns pra você”, homenageando a prefeita por ocasião de seu aniversário.

Segundo o pró-reitor de Pesquisa e Extensão, Dario Soares, “o Instituto tem percorrido vários municípios maranhenses. Contando com as audiências anteriores, esta é a quarta. Em breve teremos mais uma unidade plena implantada, desta vez na cidade de Cururupu”, informou.

Ainda em depoimento, Dario Soares comentou como se dá o trabalho realizado até que haja a consumação da audiência. “Antes da realização da audiência propriamente dita nós desenvolvemos estudos, levantamos dados até chegar nos cursos pré-selecionados, consideramos alguns que são mais genéricos, cursos que geralmente são os mais solicitados como, por exemplo, o de informática, serviço jurídico, mas também, dispomos daqueles que possuem aderência aos arranjos produtivos locais e suas potencialidades. Um exemplo disso aqui em Cururupu é muito forte o desenvolvimento de pesca, agricultura e agropecuária. Pensando nisso, já trazemos no portfolio alguns cursos voltados para esta área, contudo, muito solícitos quanto a ouvir e ter a participação da população. A audiência púbica de hoje é o resultado de todo um trabalho de pesquisa que foi realizado, além das visitas técnicas no município”, informou.

Os alunos responderam questionários ao longo do evento. O documento continha o registro dos cursos pré-selecionados, com opções de escolhas e, caso quisessem, os discentes poderiam justificar suas respostas. Segundo pró-reitor de Planejamento e Gestão do Iema, Emanuel Denner, a nova unidade em Cururupu terá cerca de 160 vagas com os cursos escolhidos pelos estudantes. “Julgamos de suma importância poder ouvir os alunos, pais e demais representantes locais. Fizemos estudos e um levantamento bem detalhado a fim de levarmos as melhores propostas para os estudantes”, disse.

Dentre os cursos propostos estão apicultura, meio ambiente, processamento de pescados, técnico de turismo, entre outros. Destes cursos, quarto serão selecionados, compondo a grande curricular dos cursos técnicos integrais do Iema.

O secretário de Educação, professor Udinaldo Rabêlo, citou o Instituto como grande avanço na área da educação maranhense. “Hoje se concretiza um sonho na vida de muitos cururupuenses. O Iema em Cururupu está se tornando uma realidade. Podemos ver de maneira clara a felicidade dos alunos e dos pais de alunos, que reconhecem no modelo de ensino do Iema um grande avanço no que diz respeito à educação. Temos ensino médio técnico profissionalizante de qualidade, onde os alunos já saem capacitados e com totais condições de ocupar o mercado de trabalho”, afirmou entusiasmado.

Dentre os cursos mais votados pelos alunos, meio ambiente, informática, agropecuária, processamento de pescados e agricultura ganharam maior destaque. A prefeita de Cururupu destacou a agricultura, informática e ênfase no curso de processamento de pescados, uma vez que a prefeitura do município busca a implantação de uma fábrica neste segmento. “Vamos assinar um termo de cooperação técnica com a Sagrima para a instalação de uma fábrica de processamento de pescado. A capacitação dos nossos jovens nesse âmbito não poderia vir em hora melhor. A vinda do Iema, em consonância com o advento desta fábrica, redundará em crescimento econômico para nossa região”, finalizou.

A próxima audiência pública a ser realizada pelo Instituto será no município de Santa Inês e acontece nesta quita, dia 11.