Iema realiza certificação dos cursos FICs em 19 polos no Maranhão

9 de agosto de 2019

Certificação (2)No primeiro semestre de 2019, o Instituto Estadual de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (Iema) ofertou cursos profissionalizantes para jovens e adultos de 13 municípios do Maranhão. Agora, após três meses de qualificação intensiva, essas pessoas estão sendo certificadas em 26 cursos de Formação Inicial e Continuada (FICs) e seis oficinas diferentes.

Foram mais de 60 turmas de alunos, divididas em 19 polos, que fizeram os cursos de inglês, informática, confecção de instrumentos musicais, construção de embarcações artesanais maranhenses, marceneiro, cerveja artesanal, estética, produção cinematográfica, atuação para cinema, manicure e pedicure, redeiro para de pesca, corte e costura, panificação e confeitaria, produção de mastigáveis derivados de couro, design e produção de manufaturados do couro, mecânico de motocicletas, meio ambiente, assistente administrativo, agricultura orgânica, gastronomia regional, robótica educacional, cabeleireiro, preparador de doces e conservas, libras e manutenção de ar-condicionado.

O seu Petrônio fez o curso de inglês intermediário na unidade vocacionais do Iema de Imperatriz e contou que se surpreendeu com a acolhida no Instituto. “A maneira como fui recebido no Iema foi excepcional. Sou um homem de 63 anos e para muita gente uma pessoa nessa idade não almeja mais nada, mas não vi isso no Iema. Os funcionários, professores e colegas me deixaram à vontade, eu consegui me soltar nas aulas, e consegui alcançar meu objetivo de entender e me expressar em inglês”, disse acrescentando que o curso foi além da capacitação. “Eu pude adquirir mais conhecimento, me destravar mais e isso melhorou até o meu relacionamento com minha família e amigos”, frisou.

“Chegamos ao final de mais um ciclo de qualificação profissional e, desta vez, capacitamos mais de 2.500 alunos, chegando a um total próximo de 30.000 mil alunos. São números significativos, sobretudo em uma época de forte crise econômica e política, e que representam a responsabilidade do governador Flávio Dino com a educação. Muitos dos alunos qualificados já abriram o próprio negócio ou conseguiram um emprego. Agradeço o apoio do secretário Felipe e do reitor Jhonatan”, destacou o secretário adjunto de Educação Profissional e Inclusão Social, André Bello.

A unidade vocacional do Iema de São Mateus encerrou o cronograma de certificações após ofertar os cursos FICs em mecânico de motocicletas, meio ambiente e assistente administrativo.

Certificação (3)Para o reitor do Iema, Jhonatan Almada, a profissionalização é uma conquista do povo maranhense. “As certificações representam um dos momentos mais significativos do ciclo de cursos profissionalizantes das unidades vocacionais do Iema porque concluímos um trabalho de formação que se desdobrará em oportunidades, em geração de emprego, trabalho e renda para as pessoas que puderam realizar esses cursos conosco. De forma que é uma política continuada de formação de pessoas para que o Maranhão possa contar com essa mão de obra qualificada”, destacou Almada que prestigiou a cerimônia de certificação de São Mateus.