Iema realiza Formação para Semana de Protagonismo

9 de março de 2018

FORMAÇÃO DE PROTAGONISMO NA UP SÃO LUÍSO Instituto de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (Iema) realizou nesta sexta-feira (9) Formação para a Semana de Protagonismo na unidade plena de São Luís. A ação reuniu jovens protagonistas das sete unidades do Instituto e foi ministrada pelos gestores gerais Márcio Lopes e Moisés Sá, de São Luís e São José de Ribamar, respectivamente. Os estudantes estão recebendo dicas e ensinamentos voltados para a Semana de Protagonismo, que acontece de 15 a 17 deste mês.
Parte da metodologia utilizada no Iema, os clubes de protagonismo, também conhecidos como clubes juvenis, têm conquistado a preferência dos alunos do Instituto. Os clubes de protagonismos são parte da metodologia do Iema, um modelo criativo e inovador que prioriza a participação dos alunos. Com o clube, os estudantes escolhem os temas a serem trabalhados em horários livres.

O reitor do Iema, Jhonatan Almada, explicou como funcionam as equipes. “Os clubes juvenis têm o objetivo de fomentar o protagonismo dos nossos estudantes dentro de temas de interesse deles. Geralmente são voltados para a música, teatro, esporte, dança e várias outras áreas escolhidas pelos estudantes. Eles se organizam em conjunto com um professor orientador, por iniciativa própria, e passam a trabalhar aquele tema nos horários disponíveis dentro da programação curricular”, explicou.
Para o diretor de Pesquisa, Extensão e Inovação do Iema, Dario Soares, a ação é um momento importante para a Semana de Protagonismo. “Estamos preparando nossos jovens para a Semana de Protagonismo. É a primeira vez que realizamos essa iniciativa voltada para uma metodologia de êxito adotada pelo Iema que consta no modelo pedagógico e de gestão. Pois eles estarão à frente das atividades, e será de jovem para jovem”, contou.
O gestor pedagógico da unidade plena de São José de Ribamar, Márcio Lopes, destacou a importância da ação. “Essa iniciativa desenvolve competências importantíssimas nos nossos alunos como autonomia, capacidade de liderança, de trabalhar em equipe, e esses clubes têm essa função relevante, pois além do entretenimento têm uma função pedagógica, onde os alunos trabalham na perspectiva de ajudar na organização e gestão da escola”, destacou.

A estudante Maria Eduarda Silva, da unidade plena de Timon, relatou que a formação está agregando muito conhecimento. “Foi tudo muito legal! Achei muito interessante, pois ano passado fui acolhida e este ano vou acolher. Esta ação mostra o quanto estou evoluindo e como já estou dentro da proposta, me sinto protagonista. Vai ser muito bom transmitir essa vivência para os nossos colegas para que eles possam florescer a essência do protagonismo”, disse.