“Inova Iema” vai premiar projetos desenvolvidos por professores no Instituto

10 de outubro de 2017

Valorizando e reconhecendo as experiências pedagógicas executadas em sala de aula e desenvolvidas pelos professores do Instituto de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (Iema), nas sete unidades plenas, o edital “Inova Iema” vai selecionar e premiar projetos e aulas que tenham tido êxito considerando as metas e estratégias propostas nas Diretrizes Operacionais e no Plano de Ação do Instituto.

O edital “Inova Iema” tem o intuito de reconhecer o trabalho dos professores que desempenham papel relevante no exercício da atividade docente e contribuíram para a qualidade do ensino médio em tempo integral e integrado à educação profissional do Maranhão. Serão premiadas as aulas e projetos que divididas em quatro componentes curriculares: Ciências da Natureza, Matemática, Linguagens e Ciências Humanas. Sendo uma aula e um projeto em cada uma das quatro áreas de conhecimento, totalizando oito entre aulas e projetos.

Os selecionados depois do processo de submissão dos trabalhos podem ser checados clicando aqui. Os vencedores receberão um tablet que está previsto para ser entregue durante a programação da Semana de Ciência e Tecnologia do Maranhão (SNCT 2017), além de outras condecorações.

De acordo com o pró-reitor de Ensino do Iema, Elinaldo Silva, a iniciativa valoriza o trabalho do professor. “O prêmio Inova Iema foi lançado este ano para valorizar as atividades que os professores desenvolveram ao longo de 2017 e que tem como intuito a contribuição da melhoria da educação integral e profissional em nossas unidades e consequentemente do Maranhão”, destacou.

A professora de Filosofia da Unidade Plena de Pindaré Mirim Jacione Batalha está concorrendo ao prêmio com o projeto II Sarau Artístico e Literário e fala sobre o projeto. “Trabalhei com os estudantes na unidade no projeto as três gerações do romantismo, objetivando o desenvolvimento da leitura, escrita e oratória dos jovens protagonistas. A proposta foi realizada em salas representativas das três gerações do romantismo, cujo resultado foi refletido em toda unidade de Pindaré Mirim”, disse a professora, acrescentando que concorrer ao prêmio foi “um momento sublime na minha carreira profissional que demonstra o reconhecimento de um dos meus trabalhos desenvolvidos. Representa mais uma oportunidade e incentivo do trabalho desenvolvido em sala de aula para jovens protagonistas na vida pessoal, profissional e social”.