Jhonatan Almada, reitor do IEMA, participou do “Conversando com a Escola”

12 de março de 2019

PALESTRA REITOR (3)A tendendo ao convite do secretário de Estado da Educação, Felipe Camarão, o reitor do Instituto Estadual de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IEMA), Jhonatan Almada, participou da edição desta terça (11/3) do projeto “Conversando com a Escola” promovido pela Seduc. A conversa aconteceu no auditória do Centro Integral Dr. João Bacelar Portela, localizado do bairro Ivar Saldanha, em São Luís. Na oportunidade, Almada falou sobre a construção de uma escola pública de excelência e apresentou o projeto do IEMA, a metodologia da escola e suas conquistas. O reitor disse que o propósito do IEMA é contribuir para que seus estudantes realizem seus projetos de vida e sejam agentes de transformação do mundo.

“De fato fomos convidados pelo secretário Felipe Camarão e aceitamos com muito orgulho e alegria, considerando esse novo momento em que o IEMA está vinculado à Seduc”, o afirmou o reitor pontuando que foi bem recebido pela escola e a equipe de gestão. “Pudemos abordar a experiência do IEMA, responder perguntas, interagir e deixar a nossa mensagem como novo integrante dessa rede.”

Tiago Ericeira, gestor pedagógico do Centro Integral Dr. João Bacelar Portela, disse que a presença de Jhonatan Almada na escola é promissora, visto que o IEMA é um projeto consolidado. “É uma parceria que pede que estejamos cada vez mais próximos para agregar valores e a troca de experiência entre os profissionais”, comentou Ericeira.

Ivyson Allis, de 24 anos, participou da palestra com Jhonatan Almada. Na opinião dele, é um verdadeiro incentivo eventos como o “Conversando com a Escola”. “Nos ajuda nessa busca profissional no mercado de trabalho e na escolha de uma faculdade. Espero ter outras experiências como estas.”
O “Conversando com a Escola” é uma iniciativa da Seduc que tem por objetivo estabelecer um diálogo com a comunidade escolar, ouvir suas reivindicações e encaminhá-las.

CONHEÇA A ESCOLA

PALESTRA REITOR (4)O Centro Integral Dr. João Bacelar Portela trabalha com cursos técnicos há vários anos. Este é o segundo ano da escola de tempo integral com o modelo da escola da escolha e técnico. Os cursos técnicos ofertados são eletrotécnica, mecânica, eletromecânica e edificações. São 13 turmas e cerca de 780 anos.

Para Mayara Francisca Rocha Ribeiro, do terceiro ano do curso técnico em edificações, é muito válido estudar em uma escola de tempo integral e que tem cursos técnicos porque o aluno conclui tendo uma ideia do que ele vai fazer depois. “A gente cria um vínculo com o curso e sabendo a faculdade que a agente vai fazer naquela área. Faço edificações e já tenho um gosto, carinho pela área da construção civil”, explica a estudante.

Kesya Jesus Oliveira Santos, de 14 anos de idade, que começou a estudar no Centro nesta segunda (11) está entusiasmada com a escola. A aluna do curso técnico em eletromecânica conta que ouviu falar do IEMA e tentou se inscrever no Instituto, mas um incêndio destruiu seu histórico escolar, o que a impediu de concorrer a uma vaga na escola de tempo integral. “Estudando em uma escola de tempo integral e que oferece o técnico meu currículo será bem melhor, assim terei mais oportunidades de trabalho”, contou a aluna, que lamentou não ter participado o tempo todo do “Conversando com a Escola” desta terça, 12.