Professores de química da Rede de Tempo Integral do Maranhão participam de Formação realizada pela Seduc

26 de maio de 2020

-qbtdb0Professores de química dos Centros Educa Mais e Unidades Plenas do Instituto Estadual de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IEMA) participaram, na tarde desta segunda-feira (25), da Formação em Práticas Laboratoriais. A iniciativa foi realizada pela Secretaria de Estado da Educação (Seduc), através da plataforma Google Meet, em parceria com o Centro Industrial de Equipamentos de Ensino e Pesquisa (Cidepe).

A formação teve como objetivo orientar, preparar os professores e dar subsídios para a relação com as práticas laboratoriais relacionadas aos experimentos químicos. Os contemplados do primeiro momento formativo foram educadores que ministram aulas para os estudantes do primeiro ano do Ensino Médio.

Para a professora Márcia Viana, da unidade plena do IEMA de Presidente Dutra, a iniciativa é um importante instrumento de aprendizado contínuo. “Achei muito boa a formação. É importante continuar estudando e aprimorando as práticas nesse momento delicado que estamos vivendo. Os experimentos foram bem interessantes, nos ajudarão a exemplificar melhor as aulas, torná-las mais dinâmicas e lúdicas para os educandos”, contou.

O professor Julielton Valois, da unidade plena do IEMA Itaqui-Bacanga, destacou que a formação agregou muito conhecimento. “Foi bem interessante. Nos apresentaram experimentos com equipamentos práticos, principalmente o de distribuição eletrônica. As explicações facilitam bastante a compreensão e o aprendizado da distribuição eletrônica dos elementos químicos. Nos enriquece com novas ideias e estilos de ministrar o conteúdo, além de nos trazer novas práticas que melhoram a aprendizagem dos alunos”, destacou.

Segundo a professora Ana Paula, do Centro Educa Mais Barjonas Lobão – CAIC II, a formação é essencial para que o educador torne mais útil o ambiente de ensino. “Acho muito válida essa formação feita pela Cidepe, nos ajuda muito na utilização dos equipamentos que temos, muitos são novos e nunca tivemos acesso. Manter a formação continuada do professor é fundamental”, disse.

Miguel Lima, professor do Centro Educa Mais Kiola Costa, ressaltou a relevância da ação. “A capacitação foi maravilhosa. Temos os equipamentos na escola e agora usaremos bem melhor. A explanação foi simples, objetiva e esclarecedora. Tenho certeza de que tudo que aprendemos vai ser bem utilizado com nossos alunos em sala de aula”, ressaltou.

Na próxima segunda-feira (08), às 15h, será a vez dos professores de biologia passarem por formação. A iniciativa acontece por ordem de série, inicialmente com os professores que ministram aulas para estudantes do primeiro ano do Ensino Médio.