Reitor do Iema, Jhonatan Almada, é eleito para a Academia Caxiense de Letras

2 de julho de 2019

ACLGraduado em história pela Universidade Estadual do Maranhão (Uema) e mestre em Educação pela Universidade Federal do Maranhão (Ufma), o reitor do Instituto Estadual de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (Iema), Jhonatan Almada, foi eleito, no final do mês passado, para a Academia Caxiense de Letras. Almada vai ocupar a cadeira de número 21, cujo patrono é Teófilo Dias Mesquita, também patrono da cadeira número 36 da Academia Brasileira de Letras.

Por meio de suas redes sociais, Jhonatan Almada compartilhou a notícia de sua eleição e agradeceu aos acadêmicos. “Compartilhando com vocês uma boa notícia. Fui eleito para a Academia Caxiense de Letras, da minha cidade natal. É uma grande honra. Ocuparei a cadeira 21 cujo patrono é Teófilo Dias Mesquita”, postou o reitor. “Recebi com muita alegria essa indicação. Tem um significado muito especial ter sido aceito, eleito, porque é a academia da minha terra natal, onde a gente guarda o coração, e, sem dúvida nenhuma, onde o reconhecimento nos é bastante valioso”, comentou o reitor do Iema.

A Academia Caxiense de Letras (ACL) – também conhecida como ‘Casa de Coelho Neto’-, foi fundada em 1997 e era formada por um grupo de amigos que se reuniam em um espaço alugado. A instituição cresceu e hoje conta com grande número de membros efetivos e tem sede própria.

Os encontros eventuais dos fundadores se deram na sede da Fundação Vitor Gonçalves Neto, localizada na Rua Aarão Reis. Foi nessa sede, doada pela iniciativa privada, que a academia foi se destacando como celeiro de produção cultural. A ACL ganhou uma biblioteca com acervo de mais de quatro mil títulos, auditório e livraria para a venda de títulos de autores maranhenses. Obras raras como uma coletânea de 15 livros do autor caxiense Coelho Neto fazem parte do acervo da biblioteca.

A posse de Jhonatan Almada na cadeira de Nº 21 da Academia Caxiense de Letras (ACL) está prevista para o dia 17 de agosto, às 19 horas.