Reitor do Iema recebe visita da vice-prefeita de São Antônio dos Lopes

13 de abril de 2019

DSC07803O reitor do Instituto Estadual de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (Iema), Jhonatan Almada, recebeu na tarde desta quinta-feira (11), a visita da vice-prefeita de Santo Antônio dos Lopes, Priscila Freitas. O intuito da visita foi tratar acerca de cursos de Formação Inicial e Continuada (FICs) que serão ofertados no município.

Segundo a vice-prefeita de Santo Antônio dos Lopes, o encontro com o reitor é fundamental para discutir novas parcerias e perspectivas para a educação no município. “A reunião foi de grande importância para formalizar parcerias entre nosso município e o Iema, com o intuito de oferecer cursos profissionalizantes, uma vez que dispomos de um município que tem uma forte vocação e investimento muito grande no campo da energia e termoelétricas, e queremos que os nossos jovens e adultos tenham oportunidade de buscar sua inserção no mercado de trabalho. Nosso município tem muita vocação para formações voltadas para a área do gás, produção de cachaça e aproveitamento da banana, além de formações profissionalizantes como cabelereiro, panificação e eletrificação”, contou.

Priscila destacou ainda que as formações são fundamentais para que os munícipes possam ocupar as vagas que o mercado de trabalho local oferece. “Capacitando as pessoas de Santo Antônio dos Lopes queremos que elas tenham perfil para se encaixarem nas vagas que as termoelétricas da nossa região oferecem, e também outras oportunidades na nossa cidade e região”, explicou a vice-prefeita acrescentando que vê o Iema hoje como um Instituto de excelência. “O trabalho que o Iema desenvolve hoje é de muita qualidade, mesmo com pouco tempo o Iema já é uma instituição consolidada não só no estado, mas como nacionalmente e buscamos essa qualidade e excelência em educação para contribuir com o desenvolvimento de Santo Antônio dos Lopes”, declarou.

De acordo com o reitor do Iema, Jhonatan Almada, o Instituto é um instrumento fundamental na democratização do acesso à educação profissionalizante. “Uma das áreas prioritárias são os nossos municípios. O objetivo é que o Iema chegue e facilite esse acesso, considerando que ao estar muito mais próximo, as pessoas não precisarão se deslocar nem gastar com transporte e alimentação, pois estão perto de casa. Só basta ter a vontade de estudar”, disse o reitor.