Semana de Protagonismo do IEMA tem live com personalidades

7 de abril de 2021
WhatsApp Image 2021-04-06 at 15.22.41

Estudantes criam clubes juvenis na Semana de Protagonismo Foto: divulgação

A ordem do dia é para que as pessoas fiquem em casa, mas isso não abateu a força mobilizadora dos gestores, professores e estudantes para realizar a Semana de Protagonismo Remoto 2021, que ocorrerá de 7 a 9 de abril (de quarta a sexta-feira), nas 23 Unidades Plenas do IEMA. O encerramento, no dia 9, sexta-feira, às 16h, será no Canal oficial do IEMA no You Tube com a Live “O Protagonismo Jovem no Brasil” com a participação do reitor Alex Oliveira e personalidades como os cantores Zeca Baleiro, Rita Benneditto, Luciana Simões, Camila Reis, Flávia Bittencourt; a atriz Áurea Maranhão; o governador Flávio Dino; secretário de Estado da Educação, Felipe Camarão e o deputado Federal, Bira do Pindaré.

Apesar do período desafiador que o Brasil vive, o reitor Alex Oliveira acredita na capacidade de enfrentamento dos estudantes. “A Semana é uma oportunidade para que o alunado do IEMA possa exercer um protagonismo consciente e engajado, que transforma a ciência e a tecnologia em novas práticas de trabalho e de produção. Este engajamento é fundamental para a construção de oportunidades fundadas na certeza de que nosso conhecimento estará sempre voltado para a defesa da existência, ancorado na perspectiva da garantia de direitos e de acolhimento de todos e todas, num espaço democrático e de cidadania ativa”, disse.

A programação traz o diálogo como o motor do evento. Estão na pauta questões como “o que é ser protagonista?”, “o que ganha um protagonista?”, maneiras de ser protagonista na escola e na vida, além de orientar os estudantes para a criação de Clubes de Protagonismo a partir dos interesses dos estudantes. A realização da semana conta com o apoio de uma equipe escolar conduzida por jovens protagonistas egressos e não egressos de cada Unidade. No último dia será lançado o Guia do Jovem Protagonista 2021.

Apesar de um ano atípico, em que os alunos não poderão estar juntos no espaço físico de suas escolas, eles demonstram interesse pelo evento, principalmente os veteranos, que querem trocar conhecimentos. Juan Henrique é do 3º ano do Ensino Médio da UP Bacelar Portela. “O objetivo principal dessa semana é formar e informar. Informar aos jovens o que é o protagonismo juvenil e formar jovens mais autônomos, solidários e competentes”, ensina.

A Maíra Pereira, aluna do 3º ano na UP Pindaré-Mirim (curso de Agropecuária), mostra que tem experiência. “Na semana aprendemos a importância de sermos jovens protagonistas e desenvolvemos habilidades compartilhando saberes, formamos clubes de robótica, de leitura para respondemos às nossas necessidades e curiosidades”. Também da UP Pindaré-Mirim, o João Vítor Mendes, 1º ano (curso de Agropecuária), fala com empolgação. “A importância da Semana de Protagonismo se dá por ser um momento em que exercemos integralmente a nossa autonomia e interagimos com outros alunos para criar os clubes juvenis relacionados ao nosso gosto, vivência e pensamentos. Dessa forma não somos somente personagens, mas protagonistas da nossa própria história”, defende.

A Flávia Vieira faz parte do 1º ano da UP Matões (curso de Energia Renovável), mas participou das reuniões de organização e sabe falar sobre o evento. “Na Semana de Protagonismo temos a oportunidade de criar clubes de acordo com nossos interesses como, por exemplo, um clube de dança. Temos a oportunidade de exercitar nossas habilidades e competências com autonomia, capacidade de organização e de trabalhar em equipe”, conta.

Para o diretor de Ensino e Pesquisa, Elinaldo Silva, a Semana do Protagonismo promove a visibilidade de líderes na comunidade escolar. “É fundamental que os gestores e professores destaquem a importância da sua liderança junto à equipe escolar e também aos pais e responsáveis, para que compreendam que essa não é uma semana com atividades de menor importância porque não têm caráter acadêmico ou porque não estão sob a coordenação de um profissional e sim de um jovem. O Protagonismo Juvenil é um dos aspectos destacados na Base Nacional Curricular e deve ser fonte de um currículo que tem como ideal formar jovens autônomos, solidários e competentes e como centralidade o Projeto de Vida dessas juventudes”.

Os professores receberam orientações para realizar a semana, que este ano tem o caráter não presencial e, portanto, espera-se que deva demandar muito mais engajamento do alunado. Comunicar sobre a importância do evento que terá impactos positivos no projeto escolar, como a formação de Clubes de Protagonismo, é uma das instruções. Toda a atenção será dada à programação da semana e para isso não serão realizadas atividades do currículo tradicional.