Últimos dias para inscrições em cursos de Escola Ambiental do Maranhão

18 de abril de 2021

O prazo para inscrição em uma das 10.500 vagas dos cursos gratuitos da Escola Ambiental do Maranhão encerra às 23h do próximo dia 21 (quarta-feira), no portal: http://web.iema.ma.gov.br/inscricao_educacao_ambiental/

Os cursos são destinados a gestores, professores, coordenadores e demais representantes dos segmentos de escolares das redes públicas municipais, Estadual e Federal, instituições privadas, comunitárias, confessionais e filantrópicas.

As vagas são distribuídas entre três cursos com 3,5 mil vagas, cada um, os quais: Educação Ambiental na perspectiva da Com-Vida, o Caminho das pedras em Educação Ambiental e Legislação – da teoria à prática, e Espaços Educadores Sustentáveis com o Tema Educação Ambiental.

Os cursos serão na modalidade a distância com carga horária de 100h, cada, e ofertados pelo Ambiente Virtual de Aprendizagem da Plataforma Maranhão Profissionalizado.

O resultado das inscrições será divulgado no dia 23/04 e a confirmação da matrícula acontecerá a partir das 8h do dia 23 às 23h do dia 27/04, pelo link: http://web.iema.ma.gov.br/inscricao_educacao_ambiental, utilizando como login o CPF e a senha de acesso criada no ato da inscrição. O início das aulas está previsto para o dia 27/04.

A Escola Ambiental

Os cursos ofertados pela Escola Ambiental integram um amplo plano de ação executado pela Secretaria de Estado da Educação (Seduc), por meio da Secretaria Adjunta de Educação Profissional e Inclusão Social (SAEP). Além das formações continuadas promovidas para educadores e gestores educacionais, outras medidas fazem parte do plano como: premiações de estímulo, criação de espaço educador sustentável, cozinha sustentável, criação de Com-vida, projetos socioambientais escolares, criação de Sistema de Gestão de Resíduos Sólidos, entre outros.

A Escola Ambiental do Estado do Maranhão foi criada pela Lei nº 11. 365/2020 com a finalidade de viabilizar a Política Estadual de Educação Ambiental, nas modalidades de educação formal e não formal, para promover, além da sensibilização socioambiental, a formação profissional e curricular, no sentido de minimizar os impactos ambientais e fomentar a geração de emprego e renda de forma sustentável.

Fonte: https://www.ma.gov.br/agenciadenoticias